mandinha


31/07/2010


Você, parte de mim!

 

                                                            

 Percebi que uma coisa que sempre faço quando penso em você é que fecho os olhos, deito na cama e imagino que a minha mão é sua. Assim, toco de leve meu rosto, faço carinho e brinco com meus cabelos.
 Faço uso de toda minha imaginação para ver seu rosto, e uso minha pele para sentir a sua.
 No começo só de pensar em você minhas mãos ficavam frias.  Isso não acontece mais. Acho que a paixão virou amor, e o frio se acostumou com isso. É uma delicia minhas mãos quentes, principalmente quando finjo que são as suas.
 Meu travesseiro foi batizado com seu nome, e ele praticamente me abraça quando penso em você. Ele fica macio, acho que é a incrivel força da minha mente que até o deixa delicioso como se eu estivesse deitada sobre o seu peito. Eu sempre penso que meu colchão e minhas cobertas são parte do seu corpo, vejo você todo esparramado na minha cama de diversas formas e as vezes até escuto sua voz na minha cabeça me falando umas bobagens.
 Sei que nunca deitei sobre seu peito, nunca consegui ouvir com clareza sua voz e nunca vi seu corpo nu. Só que de tanto imaginar tenho certeza que ja te encontrei em algum dos meus personagens.


Amanda Adorni Silva

Isso é

Para a unica loucura ostentada (por mim).

 

Escrito por mandinha às 00h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

03/06/2010


 Pensando em como é dificil te encontrar quando procuro e como você esbarra em meu caminho quando desisto, eu joguei a toalha.

Cansei de brincar de esconde esconde com você. Quando você quiser eu vou estar aqui, to te esperando. Minha porta esta aberta e eu estou sentada no sofa assistindo algum programa sem importancia tentando conter a ansiedade. Finjo que não ligo quando escuto passos no corredor. Sorrindo um falso sorriso a pessoa que entra quando vejo que não é você.

Se você quiser me encontrar eu estou aqui.

 

Isso é

Para a unica loucura ostentada (por mim).

Escrito por mandinha às 22h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

30/05/2010


"E eu me sinto péssima ao lado de pessoas assim, que emanam tanta luz.

Eu gosto de pessoas como eu, conturbadas, se sentindo meio derrotadas em alguns campos da vida. Pessoas que carregam uma história no olhar, intensas.

Nós, esse tipinho irritante que esta sempre sorrindo, sempre com um brilho falso nos olhos. Arrastando todo nosso peso, todo nosso assombroso pasado e fingindo estar tudo bem. Esse fingimento é palpavel. Preste atenção e se delicie ao ver nossas tentativas inuteis de nos iludir."

 

Amanda Adorni Silva

Escrito por mandinha às 21h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

"Eu imaginava nós dois em uma casa.
 Era um pensamento tão forte que eu até sentia o cheiro.
 Aquele cheiro que se sente quando entra no apartamento novo de alguém. O cheiro da esperança, da felicidade. De toda uma vida.
 Eu queria aquele cheiro pra mim. Eu o sentia tão forte quando me aproximava de você."

 Amanda Adorni Silva

 

E isso acontece muito.

Isso é

Para a unica loucura ostentada (por mim).

Escrito por mandinha às 15h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

13/04/2010


 Já faz um certo tempo que não coloco nada que tenha sido escrito por mim... então vai la:

  Ficava acordarda por horas a fio a decorar as falas e imaginando a cena que jamais cheguei a interpretar.
 É claro que sempre soube que nunca teria coragem de pisar no palco como atriz principal, mesmo sabendo que eu era. Ali preferia me disfarçar de coadjuvante.
 Enquanto escrevo o texto, sei que a cura para o meu vício não é a abstinência e sei também, só eu sei, o tamanho da úlcera que cresce e me dilacera enquanto sinto falta do meu veneno.
 Deixo a cargo do desespero acabar comigo por dentro e me entretenho escrevendo seu nome sobre minha pele. Escrevo com canetas e arranho com minhas unhas.
 Ao contrario do que deve parecer para as pessoas comuns, arranhar o seu nome em minha pele é delicioso, é como se pelo tempo que ele fica gravado você fizesse parte de mim.


                         Amanda Adorni Silva

Escrito por mandinha às 22h22
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/01/2010


“Que o vento seja brando aos teus pés
Que o vento sopre leve em teus ombros
Que o sol brilhe cálido em tua face
Que as chuvas caiam serenas em teus campos...
E até que eu de novo te veja,
Que os deuses te guardem nas palmas das mãos.”

 

 Não sei quem escreveu ou quem o motivou a escrever,  mas entendo perfeitamente o porque.

Escrito por mandinha às 21h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

19/04/2009


 

"Sempre que você quiser alguém pra te escutar, eu estou aqui.

Toda vez que por ventura alguém quiser te fazer mal, me procura!

Te recompenso com o bem.

À noite, quando o calor das cobertas não for suficiente, venha!

Te aqueço sem pedir nada em troca.

Quando achar que esta muito difícil, que não vai mais agüentar, quando sentir que tudo esta prestes a desabar sobre você, é só pedir, eu te ajudo a seguir em frente com teu fardo.

Faço por ti coisas que antes só faria por mim.

Prometa-me que todo o dia vai pensar em mim.

Grita meu nome... Grita pra mim... Não preciso que os outros ouçam.

Jura que eu sou tudo que eu acho que eu sou, jura que eu sou mais do que eu penso.

Faça declarações, faça declarações, faça declarações... Mesmo que sejam vãs.

Descubra tudo o que eu tento esconder, entenda meus segredos.

Me ajude a quebrar os tabus, faça a voz que me atormenta se calar.

Faça as mãos que me puxam para baixo perderem as forças.

Não desista de mim.

Eu sei que eu posso. Eu sei que com você eu posso.

Eu sei que sem você eu também posso.

Eu sei que desisti mais vezes do que alguém seria capaz.

Eu sei que escapei do labirinto com a vida já por um triz.

Eu já conheço o caminho do labirinto.

Tudo que eu odiei, tudo que eu fingi amar.

Tudo que eu amei... Às vezes faço o jogo do odiar.

O sopro do vento na janela em um dia frio varre as folhas da minha varanda e varre a sujeira do meu corpo e alma.

As noites que eu abraço meus joelhos rezando por uma companhia, é pela tua.

Então por favor, repito, rogo, não desista de mim. "

Amanda Adorni Silva

 


já desistiu não é?

Escrito por mandinha às 13h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/02/2009


E se você soubesse?

 E se eu te contasse que por um segundo - ou mais - eu te vi como mais que um amigo.

Se você visse que ás vezes o que eu te digo não é exatamente o que eu quero dizer.

Quantas vezes eu segurei as suas mãos e esperei que você segurasse as minhas.

Eu queria te dizer que quando você me toca eu realmente te sinto, e sinto de uma forma que não sei explicar, e mesmo que soubesse, sei que você não iria entender.

Sei lá porque ainda te escuto falar dela, falar das outras, falar de todos.- como desejo que você fale assim de mim.

Como explicar que quando eu fecho os olhos, estou pedindo em segredo para que quando você fecha os teus, seja a mim que você vê.

 

 

 

Vez por outra parece que você esta aqui. Você ai basta... Por enquanto.

Quanto tempo ainda falta para que você apareça?

Quanto tempo ainda eu vou continuar nessa monotonia que enlouquece?

Quantos julhos ainda tenho que passar esperando os próximos agostos?

 

 Parecem ser tantos os sinais que você manda. Algumas vezes eles não são nada para mim...Nem para você não é?

Noites em claro que ironicamente são escuras.

Como explicar essa dor que não dói? Como citar Camões e parecer autentica?

Como querer ser a única a sentir essa dor e ver-me como incompreendida quando todos dizem senti-la.

 

Amanda Adorni Silva

Escrito por mandinha às 01h23
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/11/2008


 Mudei de idéia, não me importa mais que vocês comentem. Fico feliz o bastante de pensar que ao menos uma pessoa leu e guardou o conteúdo para si. Mais leu, pegou um pedacinho de mim.

              Tempo

 

Tanta coisa a ser dita, tanta coisa que eu quero escutar.

Eu queria conhecer tantos lugares, tenho tanto tempo que me assusta, e quando penso no tempo que tenho e nas coisas que quero e tenho que fazer, as quais pretendo não sei se cabe nesse nosso efêmero passar pela vida.

Será que é realmente o tempo que passa rápido? Ou será que somos nós quem o despachamos aos chutes para longe daqui?
Quantos momentos de raiva, que cegos pedimos para que tudo acabe.
Quantos momentos de arrependimento que imploramos ao universo que perdoe o que acabamos de dizer.

Não fazemos o que queremos por medo do tempo que nos resta, nessas horas é medo do tempo demais –apesar de no fundo sabermos que é tempo de menos.
Quanta coisa eu queria te contar, gritar e chorar sem medo de parecer uma louca. Depois disso ainda me restariam incontáveis anos, pensando bem, mesmo que fosse um dia eu não suportaria.

Dez minutos para escrever essa carta, esse texto, conto, seja lá o que for. Não vou perder mais alguns preciosos pesquisando para chegar a uma conclusão. Quanto tempo ainda me resta? Se acabar, aqui eu choro, eu juro para você que eu choro. Eu corro toda a distância, não importa onde eu vá parar... Eu prometo que de lá de cima eu grito para você; Eu grito bem alto: -Ei garoto, lembra de mim? Não!? Sou eu! Estava ai a uns vinte ou trinta anos atrás... Tem certeza? Ah, ok. O que eu ia te falar? Ah, que eu te amei. Não não, tudo bem... eu entendo. Casado, sério? CINCO FILHOS? Nossa, não, não é nada, foi só surpresa. Eu? Não, não tive nenhum... Se eu me arrependo? Não parei para pensar nisso ainda. Acho que eu não tive tempo. Tudo bem, vá trabalhar. Me chamou? Ah, eu tinha certeza que você ia se lembrar! Me amou também? Que lindo, porque nunca me disse? Ah, sim, o medo do tempo... tudo bem, agora tenho que ir, é o meu chamado é o meu fim, são minhas ultimas palavras... não posso evitar... Gosto desse drama todo. Agora tchau de verdade. O mundo não para. O mundo não pode parar.

 Amanda Adorni Silva

Escrito por mandinha às 23h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

30/07/2008


Depois de alguns meses... estou aqui novamente

 

Bom, eu sou louca pelo Chico Buarque... então como uma postagem de retorno eu vou deixar trechos de músicas dele ok?

digamos que é um renascimento desse blog...

Valsa Brasileira:

Vivia a te buscar
Porque pensando em ti
Corria contra o tempo
Eu descartava os dias
Em que não te vi
Como de um filme
A ação que não valeu
Rodava as horas pra trás
Roubava um pouquinho
E ajeitava o meu caminho
Pra encostar no teu

Subia na montanha
Não como anda um corpo
Mas um sentimento
Eu surpreendia o sol
Antes do sol raiar
Saltava as noites
Sem me refazer
E pela porta de trás
Da casa vazia
Eu ingressaria
E te veria
Confusa por me ver
Chegando assim
Mil dias antes de te conhecer

 

É linda essa música não?

vou colocar alguns trechinhos de outras:

"...Os letreiros a te colorir
Embaraçam a minha visão
(...)

Passas sem ver teu vigia
Catando a poesia
que entornas no chão"

"...Por favor      
Deixe em paz meu coração                    
Que ele é um pote até aqui de mágoa              
E qualquer desatenção, faça não
Pode ser a gota d'água"

Músicas que eu ignorava a existencia, quem diria, hoje falam por mim...

e já que elas estão fazendo esse trabalho, eu já vou indo ^^

Beijos, e se alguém ainda visita esse blog, por favor, de um sinal de vida...

Escrito por mandinha às 01h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

24/03/2008


Bom, faz muito tempo que eu não posto nada...

Faz muuuuuito tempo que eu não escrevo nada por fora também.... eu estava em uma fase de bloqueio mental gente...

To com uma puta lista de redações pra fazer e elas não saem... E como eu preciso acabar com isso... vou escrever qualquer coisa aqui... perdoem se não ficar bom.... mais eu preciso me livrar disso!!!

 

O que é a felicidade?

A felicidade depende de cada um.

Você pode ser feliz dançando, cantando,  vendo um filme ou vivendo uma história de filme.

A definição de felicidade segundo o dicionario é:

"do Lat. felicitate

s. f.,
ventura;
bem-estar;
contentamento;
bom resultado, bom êxito;
dita;
qualidade ou estado de quem é feliz."

Ok, é uma boa definição, mais ninguém pode colocar em palavras o que é "ser feliz"

Isso depende.

Ser feliz pra você é o máximo que você consegue, é o que você pode fazer de melhor e tem certeza absoluta que não vai falhar...

Ninguém deposita a felicidade em algo que não é bom, ou pelo menos que não ACHE que é.

Claro que tem os sádicos, aquelas pessoas incapazes, que não servem pra nada, que não SÃO nada. A unica coisa que eles podem escolher para 'ser feliz' é machucar....certo?

Não. A felicidade não depende do que você faz com outras pessoas... Depende do que você faz a si mesma.

Uma compania agradável ajuda, mais não é a causa da tua felicidade... Você é feliz em estado de espirito, em sentimento, é feliz ao sentir as coisas a flor da pele, mais elas tem que dar aquele gancho no caração...

Como você é feliz?

Escrito por mandinha às 19h13
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

16/01/2008


"Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis
e esquecer pessoas inesquecíveis.
Já fiz coisas por impulso,
já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.
Já abracei pra proteger,
já dei risada quando não podia,
fiz amigos eternos, amei e fui amado, mas também já fui rejeitado, fui amado e não amei.
Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, quebrei a cara muitas vezes!
Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já liguei só para escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade
e tive medo de perder alguém especial.
Mas vivi, e ainda vivo!
Não passo pela vida…
Bom mesmo é ir à luta com determinação,
abraçar a vida com paixão,
perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve
e a vida é “muito” pra ser insignificante."

Escrito por mandinha às 20h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

27/12/2007


Hoje eu vou colocar algumas frases, frases que conseguem dar aquele "gancho" no coração, sabem?

Pelo menos é isso o que acontece comigo quando as leio:

O verdadeiro amor não pede recompensa, mas merece uma.

São Bernardo de Clairvaux

A tristeza pura é tão impossível como a alegria pura.

Leon Tolstoi

As famílias felizes parecem-se todas; as famílias infelizes são infelizes cada uma à sua maneira.

Leon Tolstoi

Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome.

Clarice Lispector

Ela acreditava em anjos e, porque acreditava, eles existiam.

Clarice Lispector

Não me entendo e ajo como se me entendesse.

Clarice Lispector

E se me achar esquisita,
respeite também.
até eu fui obrigada a me respeitar.

Clarice Lispector

Eu não sou tão triste assim, é que hoje eu estou cansada.

Clarice Lispector

 

Tem muitas outras, mais fica para outra postagem... Sim, um vicio chamado Clarice Lispector... E começando a me interessar muitissímo por Tolstoi... Beijos, comentem ok!?

Escrito por mandinha às 23h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

21/10/2007


Faz um bom tempo que eu não venho aqui neh?

Foi falta do que postar mesmo... mais ai vai um poema de Camões:

Aquela triste e leda madrugada,
cheia toda de mágoa e de piedade,
enquanto houver no mundo saudade
quero que seja sempre celebrada.

Ela só, quando amena e marchetada
saía, dando ao mundo claridade,
viu apartar se de uma outra vontade,
que nunca poderá ver se apartada.

Ela só, viu as lágrimas em fio,
que, de uns e d’outros olhos derivadas,
s’acrescentaram em grande e largo rio.

Ela viu as palavras magoadas
que puderam tornar o fogo frio,
e dar descanso às almas condenadas.

Camões

Lindo não é?

Comentem...  Beijos

Escrito por mandinha às 21h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

01/08/2007


 Um dia você vai acordar, abrir a porta do teu quarto e olhar pra sala vazia, vai encontrar no chão meu retrato quebrado e vai se arrepender.
 Um dia você vai gritar meu nome pelas ruas, vai chegar a minha porta e invadir a minha casa, vai fazer tudo que deveria ter feito antes.
 Quem sabe um dia você vai dizer que me ama, vai novamente entrar na minha vida, vai brincar com meus cabelos, e vai me deixar te observar dormir.
 Um dia eu vou acordar, abrir a janela, vou olhar pra rua e não vou te procurar, um dia eu vou desistir de você, desistir de nós.
 Um dia vamos saber quem acordou primeiro.

 Flora Gardiner

 Comentem? Beijos

Escrito por mandinha às 20h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Perfil

Meu perfil
BRASIL, Mulher, de 15 a 19 anos, Portuguese, English, Cinema e vídeo, Livros
MSN - amandinha87_7@hot...

Histórico